Logo ABIIS

Leia também

Em reunião do Mercosul, Brasil defende produção regional e novas tecnologias para saúde

Sete acordos de cooperação foram assinados na 54ª Reunião dos Ministros da Saúde do Mercosul e Estados Associados.

Durante dois dias a cidade de Assunção, no Paraguai, sediou a 54ª Reunião dos Ministros da Saúde do Mercosul e Estados Associados. Na ocasião, foram assinados acordos de cooperação para maior alinhamento entre a política de comércio exterior e a política industrial, com foco em uma maior preparação para emergências em saúde pública e a ampliação da produção local e regional entre os países membros.

A necessidade de ampliar os cuidados em relação à saúde mental e os impactos das mudanças climáticas na saúde foram temas presentes na fala de todas as comitivas.

A ministra da Saúde, Nísia Trindade, ficou concentrada nas ações de assistência à população do Rio Grande do Sul, após emergência provocada por fortes chuvas e consequentes enchentes em todo o estado. A delegação brasileira na Reunião dos Ministros da Saúde do Mercosul foi representada pelo secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação e do Complexo Econômico-Industrial da Saúde, Carlos Gadelha.

De acordo com Gadelha, a reunião avançou em várias frentes como, por exemplo, na questão do controle da dengue e no estímulo da produção e desenvolvimento tecnológico regional do complexo industrial da saúde. “Com isso, a região se tornará cada vez mais preparada para enfrentar as emergências sanitárias. Juntos, os países do Mercosul vão trabalhar para reduzir as desigualdades no desenvolvimento tecnológico e na produção em saúde para garantir o direito à vida”, explicou o secretário.

Ao todo foram assinados sete acordos de cooperação:

  • Criação da Comissão Intergovernamental para ampliação da capacidade produtiva regional de medicamentos e tecnologias em saúde (CIECPR);
  • Cooperação para acesso a antivenenos para acidentes por animais peçonhentos no Mercosul;
  • Articulação da agenda convergente em infecções sexualmente transmissíveis (IST) e saúde sexual e reprodutiva no Mercosul;
  • Projeto sobre a realização de transplantes nos países do Mercosul e estados associados de pessoas não residentes;
  • Declaração da reunião de ministros da saúde do Mercosul sobre o fortalecimento das ações e desenvolvimento de diretrizes para o atendimento aos trabalhadores do setor da saúde da comissão intergovernamental de saúde ambiental e do trabalhador (CISAT);
  • Declaração da reunião de ministros da saúde do Mercosul sobre dengue e outras arboviroses;
  • Declaração da reunião de ministros da saúde do Mercosul sobre parcerias estratégicas em vigilância sanitária.

Com informações do Portal Gov.br – 16.06.2024