ANS participa de reunião com a Frente Parlamentar Mista de Medicina
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

ANS participa de reunião com a Frente Parlamentar Mista de Medicina

Todos os diretores da Agência estiveram no evento, que tratou da relação entre operadoras e prestadores de serviços de saúde

A diretoria colegiada da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) participou, no início da tarde desta terça-feira, 17/08, de uma reunião com a Frente Parlamentar Mista de Medicina (FPMed). Na pauta, a discussão de modelos de contratos e de remuneração entre operadoras de planos de saúde e prestadores de serviços de saúde.

O evento, que teve transmissão ao vivo e foi aberto à participação do público que assistia online, foi liderado pelo presidente da FPMed, o deputado federal Hiran Gonçalves e contou com a presença dos diretores da ANS Paulo Rebello (presidente e diretor de Normas e Habilitação das Operadoras), Rogerio Scarabel (Normas e Habilitação dos Produtos), Bruno Rodrigues (Gestão), Mauricio Nunes (Fiscalização) e Cesar Serra (Desenvolvimento Setorial), além dos demais integrantes da FPMEd, os deputados federais Dr. Luizinho (presidente da Comissão de Seguridade Social e Família) e Soraya Manato (presidente da Comissão dos Planos de Saúde). Também integrou a mesa diretora do evento José Luiz Dantas Mestrinho, coordenador do Instituto Brasil de Medicina (IBDM).

O diretor-presidente da ANS fez uma breve apresentação sobre os números da saúde suplementar, que engloba cerca de 25% da população brasileira e realiza mais de um bilhão de procedimentos entre consultas, exames, terapias e cirurgias por ano, mencionou os principais desafios do setor e destacou a importância da aproximação da agência reguladora com o poder legislativo: “Reafirmamos aqui o nosso compromisso do diálogo aberto e de prestar  informações que viabilizem a tomada de decisões e contribuam para o aprimoramento da qualificação do setor de saúde no Brasil, trazendo os melhores benefícios para o desenvolvimento do País, para o bem estar da população e do interesse público”, disse Rebello.

Com informações do portal gov.br (19/08/2021)

Últimas Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *