4c8853f4-4488-480a-9836-4998a71053b3

Opas celebra 120 anos e homenageia Ministério da Saúde por esforços no aprimoramento do SUS

Trabalho segue o princípio de que a saúde não deve ser um privilégio, mas um direito humano fundamental

A Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) celebra, nesta sexta-feira (2), 120 anos de existência. Trata-se da organização internacional de saúde pública mais antiga do mundo, que atua como escritório regional da Organização Mundial da Saúde (OMS), trabalhando com os países das Américas para melhorar a qualidade de vida de suas populações.

Nesta sexta, também é celebrado o Dia Pan-Americano da Saúde, data que marca ações em conjunto dos países das Américas na promoção da saúde e luta para eliminação de doenças como a poliomielite, registrada no Brasil pela última vez em 1989.
 
Durante a solenidade de aniversário, realizada na sede da organização no Brasil, em Brasília (DF), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse que a Opas está no coração de cada um dos cidadãos do continente americano. “A OPAS tem uma liderança inconteste. E sua atuação tem sintonia com o que o SUS tem feito pelo Brasil. Onde há Brasil, há SUS. E onde há um país da América, há a OPAS levando a sua mão amiga”.
 
“A base do trabalho da OPAS é a cooperação técnica. E cooperação nada mais é do que uma forma de crescermos juntos, de atuarmos em prol do mesmo objetivo, construindo relações e colaborando sempre para salvar e transformar vidas, no Brasil e em toda a região das Américas”, afirmou a representante da Opas/OMS no Brasil, Socorro Gross. 
 
Na solenidade, a Pasta foi homenageada com uma placa em que a Opas reconhece a contribuição do Ministério na garantia constitucional do direito à saúde, trabalhando com estados e municípios para o aprimoramento do SUS. 

Cooperação Técnica

O Escritório da Opas/OMS no Brasil trabalha diretamente com o Ministério da Saúde, outros ministérios, secretarias estaduais e municipais de saúde. A atuação conjunta é promovida por meio de cooperações técnicas. 

Entre os acordos, está o Termo de Cooperação 140, que prevê ações de qualificação de gestão em saúde para aprimoramento da equidade e eficiência da alocação de recursos no SUS. Também foram assinados termos que trabalham no campo do fortalecimento da assistência farmacêutica e da ampliação do conhecimento epidemiológico no sistema de saúde pública.

Com informações do GOV.BR (02/12/2022)

Últimas Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *