Logo ABIIS

Leia também

Ministério da Saúde participa de reunião inaugural do Diálogo de Economia e Saúde das Américas

Realizado no Panamá, evento reuniu representantes de ministérios de Saúde e de Finanças que debateram proteção de renda em pandemias

O secretário de Ciência, Tecnologia, Inovação e Complexo da Saúde, Carlos Gadelha, representou o Ministério da Saúde na Reunião Inaugural do Diálogo de Economia e Saúde das Américas. O encontro ocorreu na segunda-feira (20), no Panamá.

Representantes de ministérios de Saúde e Finanças definiram estratégias conjuntas para melhorar os sistemas públicos e enfrentar eventuais futuras pandemias no continente. Durante o evento, Gadelha manifestou a necessidade de os países enfrentarem mais efetivamente a questão do subfinanciamento dos sistemas nacionais de saúde.

Segundo o secretário, outra prioridade fundamental para o Brasil é a implementação de sistemas de apoio à renda e proteção social para pessoas em situação de vulnerabilidade durante as pandemias, como parte integral de uma estratégia de acesso universal à saúde. “A pandemia de Covid-19 agravou as desigualdades estruturais em termo de renda, gênero e raça, entre outros fatores, que marcam as iniquidades nas Américas”, ressaltou.

O Diálogo de Economia e Saúde das Américas foi guiado por quatro linhas de trabalho:

  • Gastos inteligentes para saúde e análise de recursos de saúde;
  • Priorização da transformação do setor de saúde;
  • Proteção de renda em pandemias; e
  • Fundamentos para o fortalecimento das cadeias de suprimentos.

Gadelha também participou da reunião “Americas RISE for Health”, iniciativa multissetorial que envolve representantes governamentais, da sociedade civil e do setor privado, para reforçar a resiliência das economias e ecossistemas de saúde nas Américas.

Com informações do portal GOV.BR (24/03/2023)