Hospital Federal de Ipanema

Hospital Federal de Ipanema faz mutirão para cirurgias eletivas de hérnia no RJ

Ação ocorre neste sábado (14); objetivo é realizar 60 procedimentos até o fim do mês de agosto

Um mutirão para diminuir a fila de espera pelas cirurgias de hérnia e devolver a qualidade de vida para os pacientes: o Hospital Federal de Ipanema, no Rio de Janeiro, unidade vinculada ao Ministério da Saúde, faz neste sábado (14), mais uma edição da ação para acelerar esses procedimentos no estado. Durante todo o mês de agosto, sempre aos finais de semana, os procedimentos ocorrerão na unidade por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

O objetivo é realizar 60 cirurgias de hérnia até o fim do mês. No último sábado (07), quando o mutirão teve início, o hospital fez 11 procedimentos. A iniciativa ocorre porque a demanda por eletivas de hérnia aumentou no Rio de Janeiro no último ano devido as restrições impostas pela Covid-19. Todos os pacientes foram previamente avaliados e passaram por um minucioso acompanhamento pré-operatório, que resultou na indicação cirúrgica. As avaliações feitas evitam complicações no dia do procedimento.

Serão quatro equipes trabalhando simultaneamente nos finais de semana. Os pacientes estão sendo chamados por meio do Sistema de Regulação Local (SISREG), sistema online responsável por regular desde o atendimento básico até a internação hospitalar dos pacientes no estado. Os procedimentos não atrapalham as cirurgias eletivas de outras áreas planejadas durante os dias úteis.

Tipos de hérnia

Quando pequenas, as hérnias abdominais podem não apresentar sinais externos, além do inchaço na área por ela afetada. No entanto, se a abertura no tecido muscular aumentar, a dor pode ser contínua ou intermitente e sua tendência é agravar-se com atividades que pressionem a parte inferior do abdômen, como esforço para evacuar, tossir, levantar peso ou, ainda, permanecer em pé por período prolongado.

Esse tipo de hérnia pode manifestar-se num momento, desaparecer espontaneamente e voltar a aparecer de novo. Às vezes, porém, ficam estranguladas, isto é, as alças intestinais não retornam à posição normal. Quando isso acontece, há um bloqueio da circulação sanguínea na parte do tecido e, além da dor, surgem náuseas e vômitos, sendo necessário procurar imediatamente assistência médica.

Hospital Federal de Ipanema

Referência no estado do Rio de Janeiro em diversas especialidades, como cirurgia geral, urologia, ginecologia, oftalmologia, oncologia, neurocirurgia, plástica reparadora e ortopedia, o Hospital Federal de Ipanema também se destaca na área clínica em pneumologia, dermatologia e infectologia.

Com acentuado perfil cirúrgico, o hospital foi um dos primeiros a utilizar a videocirurgia, a fragmentação do cálculo renal por ultrassom e a realizar a cirurgia bariátrica (redução de estômago). Ao longo dos anos, a unidade firmou uma tradição na formação de profissionais, tornando-se uma referência nacional no exercício da Residência Médica.

Com informações do portal gov.br (13/08/2021)

Últimas Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *