Encontro ABIIS e Eduardo Leite

Ex-governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, discute propostas para a Saúde com diretoria da ABIIS

Aliança que reúne associações dos fornecedores de dispositivos médicos defende setor como estratégico para o Brasil e conversa com pré-candidatos e lideranças políticas.

O ex-governador do Rio Grande do Sul pelo PSDB, Eduardo Leite, se reuniu com a diretoria da Aliança Brasileira da Indústria Inovadora em Saúde (ABIIS), no dia 20 de maio, em São Paulo, para debater propostas para tornar o Setor da Saúde estratégico para o Brasil.

“O nosso projeto, o Agenda Saúde 2022/2030 – Dispositivos Médicos leva para lideranças políticas e pré-candidatos à presidência da República propostas que auxiliem o setor de dispositivos médicos. Queremos debater ideias e abrir o diálogo com os senhores para, em um segundo momento, aprofundá-las com as coordenações específicas das campanhas”, explicou o presidente do Conselho de Administração da Aliança, Bruno Boldrin Bezerra. E complementou: “O Brasil precisa ter uma política de Estado nessa área para atrair a indústria para produzir aqui, seja fortalecendo as empresas de capital nacional que necessitam se desenvolver em pesquisa e inovação, seja para atrair o capital internacional para montar plantas no nosso território. Estamos falando de geração de empregos qualificados, arrecadação de impostos, transferência de tecnologia e, principalmente, da autonomia do país em suprimento desses materiais. O poder de compra que o governo tem pode ser usado como um dos indutores para a economia”.

O diretor da ABIIS e presidente da Associação Brasileira de Importadores e Distribuidores de Produtos para Saúde (ABRAIDI), Sérgio Rocha, destacou a importância do setor, que representa parte significativa do material de consumo, insumos e equipamentos utilizado pelos hospitais. “O que defendemos é a transparência e podermos, todos os players, participar dessa discussão da saúde”.

O ex-governador Eduardo Leite concordou que é importante entender o que é o setor, que ele vê como estratégico, com muitas propostas e sugeriu, para um futuro governo, unir as pastas do Desenvolvimento, da Saúde e as entidades que representam essa indústria e criar uma rotina de encontros para definir o que é estratégico e prioritário. 

Também participaram da reunião o diretor da ABIIS e da ABRAIDI, Sérgio Madeira, a assessora técnica da Câmara Brasileira de Diagnóstico Laboratorial (CBDL), Josely Chiarella, e o consultor de Relações Institucionais e Governamentais da ABIIS, Armando Queiroz Monteiro Bisneto.

Desde dezembro do ano passado, a diretoria da ABIIS já se reuniu com o pré-candidato à presidência pelo PDT, Ciro Gomes; com oex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin; com o então pré-candidato à presidência pelo Podemos, Sergio Moro; e com o pré-candidato do Novo, Luiz Felipe d’Avila; além do senador e ex-Ministro da Saúde, Humberto Costa, que integra o grupo de trabalho na área da saúde da campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do PT; entre outras lideranças políticas brasileiras.

Últimas Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.